Dicas de alimentação saudável para os idosos 

1. Faça pequenas refeições ao longo do dia

A partir dos 50 anos o corpo passa por mudanças hormonais que muitas vezes resultam no ganho de peso. Realizar pequenas refeições a cada 3 horas evita que o corpo guarde gordura, e consequentemente aumente o peso.

O ganho de peso pode agravar problemas de saúde como: os riscos de doenças cardíacas, agravar a osteoporose ou dificultar a locomoção.

2. Invista nos alimentos saudáveis

Com o envelhecimento o corpo tem mais dificuldade para absorver nutrientes. A substituição de alimentos industrializados por frutas, verduras, grãos e legumes é necessária.

A ingestão de alimentos ricos em cálcio como o leite, ajuda a prevenir o enfraquecimento dos ossos e fraturas.

3. Tenha acompanhamento profissional

Somente um nutricionista ou um profissional de saúde poderá indicar a alimentação apropriada para as necessidades de cada idoso.

O menu pode ser elaborado de forma que agrade ao idoso, com alimentos que agradam ao paladar e proporcione a ele melhor qualidade de vida.

4. Se adapte as restrições físicas

É preciso que a alimentação seja adaptada a mudanças do corpo.

A ausência ou restrição de dentição exigirá que os alimentos consumidos sejam preparados de modo que fiquem moles e possam ser ingeridos. A perda de movimento das mãos e tremores, exigirá que muitas vezes as refeições sejam realizadas com colher. Para facilitar que sejam levados do prato a boca, os alimentos mais pastosos são indicados.

O tamanho dos alimentos servidos e a sua forma de preparo são fundamentais para que os idosos possam se alimentar bem.

5. Beba bastante água

A desidratação é um problema bastante comum na terceira idade e que influencia a qualidade de vida. A pele costuma ficar mais ressecada e por isso é preciso hidratá-la, ingerindo muito líquido e com a uso regular de hidratante corporal.

Não se deve consumir refrigerantes e bebidas industrializadas. O suco natural e chás são permitidos em quantidades moderadas, mas a água continua sendo a melhor bebida.

6. Reduza o açúcar

O pâncreas começa a produzir uma quantidade menor de insulina com o avanço da idade, fazendo com que o metabolismo da glicose funcione de forma diferente.

A alimentação apropriada para essa idade requer que o consumo de doces, refrigerantes e outros alimentos que levam açúcar seja feita de forma restritiva.

 

 

Dra Flavia Renata Topciu – CRM 121.925

Geriatra pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Especialista em Cuidados Paliativos pela Associação Médica Brasileira