Benefícios da amamentação

A amamentação vai muito além de apenas alimentar o bebê; é algo completo, que envolve também a formação do vínculo entre mãe e filho, proteção da criança contra infecções, desenvolvimento deste bebê, etc.

A Organização Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde do Brasil e a Sociedade Brasileira de Pediatria recomendam a amamentação exclusiva até o 6° mês de vida do bebê e complementada até os 2 anos ou mais.

Amamentação exclusiva significa que o bebê recebe apenas leite materno, sem chás, sucos, frutas ou outros alimentos; complementada, significa que a criança recebe outros alimentos, líquidos ou sólidos, complementado o leite materno, e não o substituindo.

As vantagens do leite materno para a criança são várias, como:

  • diminuição da mortalidade infantil;
  • proteção contra diarreia;
  • diminuição de infecções respiratórias;
  • redução do risco de alergias;
  • diminuição do risco de doenças crônicas (como linfomas, diabetes);
  • redução da obesidade;
  • contém todos os nutrientes essenciais ao bebê até os 6 meses;
  • melhora da aprendizagem da criança;
  • melhora do desenvolvimento da cavidade bucal;
  • promoção do vínculo afetivo entre mãe e filho.

 

Existem também benefícios para a mãe, como por exemplo:

  • proteção contra o câncer de mama;
  • efeito anticoncepcional;
  • proteção contra o diabetes tipo 2;
  • menor gasto financeiro com outros leites.

 

Dra. Fernanda Formagio de Godoy Miguel

Pediatra pela SBP

CRM: 104.671