Probióticos

Os probióticos são microorganismos vivos, que quando ingeridos em quantidade adequada, oferecem um efeito benéfico para a saúde. Os exemplos mais conhecidos são:

  • bactérias: Lactobacillus e Bifidobacterium.
  • leveduras: Saccharomyces.

Normalmente, os probióticos são preparados utilizados em situações de perturbação da colonização do trato digestivo, como no caso de impossibilidade de aleitamento materno, uso excessivo de antibióticos (destruindo a flora natural do organismo) ou doenças diarréicas.

O recém-nascido, logo antes do parto, é totalmente isento de germes. Ainda no canal de parto começa a sua colonização por microorganismos. O ambiente e o leite materno logo forneceram outros agentes microbianos.

E mais uma vez, o leite materno agirá de forma benéfica ao bebê, fornecendo uma colonização com microorganismos adequados. Quando não há possibilidade de amamentação, são utilizadas fórmulas lácteas; muitas das fórmulas atuais possuem acréscimo de probióticos, que apesar de não substituírem o leite materno, possuem benefícios para o organismo do recém-nascido.

Dra. Fernanda Formagio de Godoy Miguel
Pediatra pela SBP
CRM: 104.671