Sopro Cardíaco

O termo “sopro” é um dos mais difíceis de ser explicado pelo Pediatra e de ser compreendido pelos pais.

Isto deve-se principalmente ao fato de que a simples palavra já é capaz de assustar aos pais, pelo conceito prévio de que ser algo “ruim” e “perigoso”.

O sopro cardíaco é um achado muito frequente nas consultas de rotina com o Pediatra. Na maioria das vezes, o sopro é chamado de inocente, ou seja, consiste apenas na alteração do som auscultado (escutado), mas sem que haja anormalidade cardíaca.

Tão comum, que pode ser encontrado em quase metade das crianças, principalmente na idade escolar. E isto ocorre pela própria estrutura física da criança.

Os sopros chamados patológicos são aqueles causados por doença cardíaca. Estes frequentemente estão acompanhados de algum sintoma, como cansaço às mamadas, lábios roxos (cianose), cansaço aos esforços (em crianças maiores).

Para diferenciar entre os dois tipos, o Pediatra avaliará o paciente e se necessário encaminhará ao especialista, o Cardiologista Infantil.

O ecocardiograma é um dos principais exames que auxiliam no diagnóstico dos sopros.

 

Dra. Fernanda Formagio de Godoy Miguel

Pediatra pela  SBP

CRM: 104.671