fbpx

O que é o AVC?

- O Acidente Vascular Cerebral ou AVC, popularmente conhecido como "Derrame", é o surgimento abrupto de um déficit neurológico, como consequência de um problema nos vasos sanguíneos do cérebro.

- trata-se da 2ª principal causa de morte no Brasil e principal causa de incapacidade no mundo.

- existem 2 tipos de AVC: isquêmico e hemorrágico:

 - AVC Isquêmico ocorre pela obstrução (entupimento) de uma artéria, que leva sangue para as células de uma região do cérebro.

- AVC Hemorrágico é causado pela ruptura (rompimento) espontânea de um vaso sanguíneo, com extravasamento de sangue para o interior do cérebro.

Como reconhecer um AVC?

Os sintomas associados ao AVC são súbitos, ou seja, aparecem dentro de minutos ou horas e incluem:

- Perda de força de um lado do corpo, incluindo ou não a face;

- Dificuldade de falar as palavras corretamente;

- Formigamentos ou sensação de anestesia em um lado do corpo, incluindo ou não a face;

- Perda súbita de parte da visão;

- Alteração do equilíbrio, da coordenação ou tontura;

Como prevenir um AVC?

Cerca de 80% dos casos de AVC poderiam ser evitados através do controle de fatores de risco mudanças nos hábitos de vida. 

- Controle da Hipertensão Arterial;

- Tratamento do Diabetes;

- Redução nos níveis de Colesterol;

- Redução de peso;

- Prática regular de exercícios físicos;

- Não fumar ou parar de fumar;

- Tratamento da Síndrome da Apneia do Sono;

Como é realizado o tratamento do AVC?

O tratamento deve ser realizado na fase aguda, ou seja, o quanto antes após o início dos sintomas. Por isso é tão importante reconhecer e procurar imediatamente um hospital. Quanto antes iniciar o tratamento, menor risco de sequelas, e maior chance de manutenção de independência e funcionalidade.

Dra Flavia Renata Topciu – CRM 121.925

Geriatra pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Especialista em Cuidados Paliativos pela Associação Médica Brasileira